**SOBRE MIM**


Me chamo Regina mas meus amigos me chamam de Rê.

Sou uma pessoa que ama a natureza, os animais, as flores, o céu, o mar as estrelas, a chuva, a música e os seres humanos. E hoje aprendi que viver é ser livre! Que ter amigos é necessário. Que lutar é manter-se vivo. Que para ser feliz basta querer. Aprendi que o tempo cura. Que a magoa passa. Que decepção não mata. Aprendi que quem julga, será julgado. Que hoje é reflexo de ontem. Compreendi que podemos chorar sem derramar lágrimas. Que os verdadeiros amigos permanecem. Que dor fortalece. Que vencer engrandece. Aprendi que sonhar não é fantasiar. Que pra sorrir tem que fazer alguém sorrir. Que a beleza não está no que vemos e sim no que sentimos. Que o valor está na força da conquista. Compreendi que as palavras tem força. Que fazer é melhor que falar. Que o olhar não mente. Que viver é aprender com os erros. Aprendi que tudo depende da vontade. Que é mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que à ponta da espada. Que quem mais corre é quem mais tropeça. Que o melhor é ser nós mesmos. E finalmente.... Aprendi que o SEGREDO da vida é simplesmente: VIVER!!!”





















MADRINHAS DO JARDIM:
Sandra e Betty Blue

Agradeço a querida amiga Sandra pela construção do lindo Template.

Obrigada amiga!


















*PRINCÍPIOS CRISTÃOS*






Recebe e aplica.
Retém e distribui.
Auxilia e passa.
Serve e desapega-te.
Estuda e trabalha.
Ensina e exemplifica.
Medita e age
Ama e renuncia.
Raciocina e sente.
Socorre e segue.
Vê e analisa.
Observa e seleciona.
Confia e esforça-te.
Empresta e olvida.
Perdoa e esquece.
Acolhe e educa.
Auxilia e esclarece.
Estimula e orienta.
Tranqüiliza e eleva.
Luta e persevera no bem.
Ouve e guarda.
Fala e edifica.
Perde e aprende.
Experimenta e melhora.
Ora e espera.
Vigia e ampara.
Protege e constrói.
Pensa e realiza.
Instrui e ilumina.
Agradece e aproveita.


(André Luiz)











*Sala Homenagem a Virgem Maria**

*Sala Dr. Bezerra de Menezes**

*Espíritos de Luz e Caridade*

*Coletânea de Preces*

*Sugestão de Livros Espíritas*

*Sala Evangelho no Lar*

*Sala Presentes Recebidos*

*Sala Presentes Oferecidos-Selo de Natal*

















 












*CAMPANHAS*



















Faça a sua parte

*BLOGS AMIGOS*

*CASA DO SOFÁ AZUL*


*CÁ ENTRE NÓS*


*CLAUDIA*


*LOVE DO CLICK*


*MAGA DO TEMPO*


*NÚBIA RATES*


*NUXA*


*SHENIA*


*SUAVIDAD*




 













Histórico:

-
26/09/2010 a 02/10/2010

-
20/12/2009 a 26/12/2009
-
02/08/2009 a 08/08/2009
-
26/07/2009 a 01/08/2009
-
12/07/2009 a 18/07/2009
-
14/06/2009 a 20/06/2009
-
07/06/2009 a 13/06/2009
-
31/05/2009 a 06/06/2009
-
10/05/2009 a 16/05/2009
-
03/05/2009 a 09/05/2009
-
26/04/2009 a 02/05/2009
-
19/04/2009 a 25/04/2009
-
12/04/2009 a 18/04/2009
-
05/04/2009 a 11/04/2009



Outros sites:

-
UOL - O melhor conteúdo
-
BOL - E-mail grátis


Votação:

-
Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog



Contador:

Código html:
Cristiny On Line

Lay: Sandra

 


 

 



ORAÇÃO NOSSA

Senhor, ensina-nos a orar sem esquecer o trabalho.

A dar sem olhar a quem.

A servir sem perguntar até quando.

A sofrer sem magoar seja a quem for.

A progredir sem perder a simplicidade.

A semear o bem sem pensar nos resultados.

A desculpar sem condições.

A marchar para a frente sem contar os obstáculos.

A ver sem malícia.

A escutar sem corromper os assuntos.

A falar sem ferir.

A compreender o próximo sem exigir entendimento.

A respeitar os semelhantes sem reclamar consideração.

A dar o melhor de nós, além da execução do próprio dever sem cobrar taxas de reconhecimento.

Senhor, fortalece em nós a paciência para com as dificuldades dos outros, assim como precisamos da paciência dos outros para com as nossas próprias dificuldades.

Ajuda-nos para que a ninguém façamos aquilo que não desejamos para nós.

Auxilia-nos sobretudo a reconhecer que a nossa felicidade mais alta será invariavelmente àquela de cumprir os desígnios, onde e como queiras, hoje, agora e sempre.

(Emmanuel - Mensagem psicografada por Chico Xavier)





Renova-te Sempre

"Ainda que o nosso homem exterior se corrompa,
o interior, contudo, se renova, dia a dia".
Paulo (II Coríntios, 4:16)

Cada dia tem a sua lição.
Cada experiência deixa o valor que lhe corresponde.
Cada problema obedece a determinado objetivo.
Há criaturas que, torturadas por temores contraproducentes, proclamam a inconformação que as possui a frente da enfermidade ou da pobreza, da desilusão ou da velhice.
Não faltam, no quadro da luta cotidiana, os que fogem espetacularmente dos deveres que lhes cabem, procurando, na desistência do bom combate e no gradual acordo com a morte, a paz que não podem encontrar.
Lembra-te de que as civilizações se sucedem no mundo, há milhares de anos e que os homens, por mais felizes e por mais poderosos, foram constrangidos à perda do veículo de carne para acerto de contas morais com a eternidade.
Ainda que a prova te pareça invencível ou que a dor se te afigure in suportável, não te retires da posição de lidador, em que a Providência Divina te colocou.
Recorda que amanhã o dia voltará ao teu campo de trabalho.
Permanece firme, no teu setor de serviço, educando o pensamento na aceitação da Vontade de Deus.
A moléstia pode ser uma intimação transitória e salutar da Justiça Celeste.
A escassez de recursos terrestres é sempre um obstáculo educativo.
O desapontamento recebido com fervorosa coragem é trabalho de seleção do Senhor, em nosso benefício.
A senectude do corpo físico é fixação da sabedoria para a felicidade eterna.

Sê otimista e diligente no bem, entre a confiança e a alegria, porque enquanto o envoltório de carne se corrompe pouco a pouco, a alma imperecível se renova, de momento a momento, para a vida imortal.

(Francisco Cândido Xavier, FONTE VIVA pelo Espírito Emmanuel)



- Postado por: Regina Borges(RêLua) às 17h47
[ ] [ envie esta mensagem ]





Tolerância E Coerência

Compreender o desculpar sempre, porque todos necessitamos de compreensão e desculpa,.nas horas do desacerto,.mas observar a coerência para que os diques da tolerância, não se esbarrondem, corroídos pela displicência sistemática, patrocinando a desordem.

Disse Jesus: "Amai os vossos inimigos". E o Senhor ensinou-nos realmente a amá-los, através dos seus próprios exemplos de humildade sem servilismo e de lealdade sem arrogância.

Ele sabia que Judas, o discípulo incauto, bandeava-se, pouco a pouco, para a esfera dos adversários que lhe combatiam a mensagem renovadora.

A pretexto de amar os inimigos, ser-lhe-ia lícito afastá-lo da pequena comunidade, a fim de preservá-la, mas preferiu estender-lhe mãos fraternas, até a última crise de deserção, ensinando-nos o dever de auxiliar aos companheiros de tarefa, na prática do bem, enquanto isso se torne possível.

Não ignorava que os supervisores do Sinédrio lhe tramavam a perda...

A pretexto de amar os inimigos, poderia solicitar-lhes encontros cordiais para a discussão de política doméstica, promovendo recuos e concessões, de maneira a poupar complicações aos próprios amigos, mas preferiu suportar-lhes a perseguição gratuita, ensinando-nos que não se deve contender, em matéria de orientação espiritual, com pessoas cultas e conscientes, plenamente informadas quanto às obrigações que a responsabilidade do conhecimento superior preceita.

Certificara-se de que Pilatos, o juiz dúbio, agia, inconsiderado...

A pretexto de amar os inimigos, não lhe seria difícil recorrer à justiça de instância mais elevada, mas preferiu agüentar-lhe a sentença iníqua, ensinando-nos que a atitude de todos aqueles que procuram sinceramente a verdade não comporta evasivas.

Percebia, no sacrifício supremo, que a multidão se desvairava...

A pretexto de amar os inimigos, era perfeitamente cabível que alegasse a extensão dos serviços prestados, pedindo a comiseração pública, a fim de que não se lhe não golpeassem a obra nascente, mas preferiu silenciar e partir, invocando o perdão da Providência Divina para os próprios verdugos, ensinando-nos que é preciso abençoar os que nos firam e orar por eles, sem contudo, premiar-lhes a leviandade para que a leviandade não alegue crescimento com o nosso apoio.

Jesus entendeu a todos, beneficiou a todos, socorreu a todos e esclareceu a todos, demonstrando-nos que a caridade, expressando amor puro, é semelhante ao sol que abraça a todos, mas não transigiu com o mal.

Isso quer dizer que fora da caridade não há tolerância e que não há tolerância sem coerência.

 

Tolerância E Coerência (Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia:Francisco Cândido Xavier)



- Postado por: Regina Borges(RêLua) às 13h30
[ ] [ envie esta mensagem ]










































































*MEU CANTINHO MÍSTICO*